Saulo Sampaio

cirurgião plástico Saulo Sampaio

O perfil do cirurgião plástico Saulo Sampaio Souza conta a história de um profissional determinado. Acima de tudo, a vontade de tornar-se médico sempre esteve presente.

Antes que ingressasse na faculdade, a ideia de se dedicar à área de saúde já fazia parte de sua vida. Consequentemente, formou-se em Medicina pela Universidade Federal da Bahia. Logo depois, fez dois anos de especialização em cirurgia geral em trabalhos voluntários na Indonésia e na Índia. Com isso, ganhou experiência em procedimentos de emergência.

Nesse meio tempo, em 2000, participou de uma seleção acirrada (120 candidatos para 12 vagas) que oferecia vagas para estudar no Instituto Ivo Pitanguy, centro de excelência em cirurgia cosmética. Assim, como havia se dedicado a aprender sobre procedimentos de emergência, Saulo Sampaio passou três anos sob o comando do maior ícone no campo da cirurgia plástica, o mestre Ivo Pitanguy.

Além de incentivar à prática cirúrgica, o IIP busca manter os profissionais conectados com um pensamento filosófico. Isto é, a cirurgia plástica significa ver e mostrar o belo. Em outras palavras, a sabedoria do bem estar presente no corpo se relaciona com o ideal que se pretende mediante uma operação. Neste sentido, Saulo Sampaio praticou rotinas de cirurgias estéticas e reconstituições faciais de pacientes com sequelas de câncer, queimados, ampliando a gama de conhecimentos e tornando-se um profissional mais completo na área.

Hoje, o nome de Saulo Sampaio está nos principais sites de referências sobre cirurgia plástica e é relacionado a diversas especialidades. Seu nome consta também na lista de ex-alunos do Professor Ivo Pitanguy (AEXPI e AEXPI-Europa), tornando-se uma referência no campo da cirurgia plástica no Brasil e na Europa,  onde também é cirurgião plástico licenciado. É membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva (SBCP) e da Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar (ABCRC).

Para Saulo Sampaio Souza, “o cirurgião plástico  é um artista que carrega, além da aptidão, a responsabilidade de preservar a vida.”