Lipoaspiração

Deedee by Pixabay

A estética e a saúde do corpo não depende somente de exercícios físicos. Muitas vezes, a gordura localizada afeta ou altera o contorno do corpo. Estas características podem ser devido a genética, ao ganho de peso ou falta de atividade. Mas, se o incomodo é constante, pode ser a hora de optar por uma lipoaspiração.

Este é um dos procedimentos estéticos para modelar o corpo. As áreas do corpo que podem ser tratadas com a lipoaspiração são: pescoço, cintura, costas, braços, coxas, parte medial do joelho, peito, bochechas, queixo, pernas e tornozelos. Este procedimento é indicado a pacientes que queiram modelar o contorno do corpo e tenham dificuldade em eliminar a gordura localizada, mesmo realizando dietas ou exercícios físicos.

A lipoaspiração pode ser aplicada isoladamente ou como acompanhamento de outros procedimentos cirúrgicos reparadores, mamoplastia, por exemplo. Tudo depende da avaliação do profissional. Este procedimento consiste em infiltrar uma solução que mistura soro e vasoconstritores que diminuem o tamanho dos vasos e ajudam a quebrar com maior facilidade as células de gordura.

Depois, a gordura é sugada com a utilização de finas cânulas. “ Este tipo de procedimento causa menos trauma a tecidos adjacentes se comparados a outros métodos de lipoaspiração. Além disso, coloca-se pequenos drenos que possibilitam a liberação de fluido em excesso durante o período de recuperação”, explica o médico Saulo Sampaio.

Quem pode fazer lipoaspiração?

É importante alertar que a lipoaspiração é para pacientes que tenham gordura localizada e não que tenham quadro de obesidade. A gordura localizada, em qualquer parte do corpo, pode ser difícil de eliminar naturalmente. Se nem mesmo os exercícios físicos conseguem dar bons resultados, a lipoaspiração pode ser um procedimento indicado para sanar este problema.

Além disso, uma avaliação clínica bem elaborada e as condições favoráveis como ter a pele firme, bom tônus muscular; não ter doença pré-existe que dificultem a cicatrização; não fumar; e  seguir as recomendações do cirurgião plástico, são indicativos importantes para este procedimento.

Para mais informações, clique aqui.